Posts Tagged ‘pés’

Escalda-Pés

Inicialmente, o principal objetivo do escalda-pés era eliminar a friagem que causava a gripe e mal estar, manter o corpo aquecido nas estações mais frias… Hoje em dia, muito utilizado em clinicas e spas, ajuda a despertar a consciência corporal e relaxar o corpo e a mente.

O stress rotineiro e o desgaste mental excessivo provocam a ascensão da energia corpórea que permanece concentrada no alto – cabeça, trapézio, ombros – causando agitação, dor de cabeça, tensão muscular, insônia. Um simples escalda-pés pode trazer a energia excessiva do alto para baixo, nos deixar mais tranqüilos e descansados.

Materiais básicos:

  • Bacia que comporte os pés em posição confortável
  • 2/3 do volume da bacia de água quente (temperatura aproximada de 36°).
  • Toalhas e meias de algodão à mão

Procedimento:

  • Despejar a água na bacia, e adicionar os componentes de acordo com o objetivo.
  • Deixar os pés por aproximadamente 15 minutos, temperando a água se necessário.
  • Secar bem os pés e calçar as meias.

Opções:

  • Adicionar bolinhas de gude no fundo da bacia e deslizar suavemente os pés, massageando as diversas áreas.
  • Adicionar uma pedrinha de turmalina negra ao escalda-pés ou pedras de quartzo verde.
  • Fazer trouxinhas com os ingredientes numa gaze amarrada com barbante, ou usar  uma meia velhinha amarrada na ponta.

Sugestão de ingredientes para o dia a dia:

  • Sal grosso: anti-séptico, relaxante, em pouca quantidade harmoniza as energias.
  • Extrato de própolis: anti-séptico, fungicida e antiinflamatório.
  • Calêndula: adstringente, antiinflamatória, anti-séptica, bactericida, cicatrizante e clareadora
  • Camomila: relaxante, alivia dores e também é antiinflamatória.
  • Limão – adstringente, bactericida, fungicida e clareador
  • Azeite de oliva – hidratante, rico em substâncias antioxidantes
  • A turmalina negra – absorve a negatividade
  • Lavanda/ Alfazema: calmante, bactericida, anti-séptica, promove bem estar e positividade.

Aí é só combinar os ingredientes de acordo com o objetivo. Algumas sugestões que testei e aprovei para aliviar o estresse e promover uma noite de sono mais tranquila:

Opção 1

– 1 colher de sopa de sal grosso
– 5 saches de chá de camomila
– 5 gotas de óleo essencial de Alfazema/Lavanda
– 1 pedrinha de turmalina negra

Opção 2

– 1 colher de sopa de sal grosso
– 5 colheres de Alfazema/Lavanda secas
– 5 gotas de óleo essencial de Jasmim
– 3 colheres de óleo de amêndoas

– bolinhas de gude para deslizar os pés

Pode colocar pétalas de rosa branca, além de relaxante vai ficar lindo!

Confira também as receitas de escalda-pés para resolver aquele chulé que insiste em ficar nos seu pé! Clique aqui para ver esse post!

 

Um abraço, Ana Letícia

mais em: facebook.com/alternativasnaturais

Anúncios

Saúde dos Pés: Higiene e Dicas Práticas

Por falta de tempo, de costume, e de tantas outras coisas, esquecemos que nossos pés também merecem cuidados especiais. Suportam nosso peso durante todo o dia dentro de sapatos apertados, saltos, longas caminhadas, horas em pé no ônibus cheio… Percorrem uma maratona diária!

Ao cultivar hábitos simples podemos ter mais conforto, e prevenir probleminhas como as micoses, frieiras, chulé, e muito constrangimento!

Higiene

Os pés merecem cuidados especiais. No fim do dia, lavar com água morna, abundantemente. Mas não adianta só deixar a água escorrer. É preciso esfregar com sabão entre os dedos, o dorso, a sola, o tornozelo. É legal também usar uma escovinha bem macia para escovar o calcanhar e as cutículas, removendo assim as células mortas.  As cutículas escovadas são naturalmente bonitas e conferem um aspecto saudável, dispensando o uso do alicate para remoção das mesmas.

Secar bem com a toalha, entre os dedos principalmente, pois a umidade favorece a proliferação das bactérias e fungos causadores das temidas micoses, frieiras e chulé. Uma dica bem legal é finalizar a secagem dos pés com secador de cabelos, separando bem os dedos e tomando bastante cuidado para não queimar a pele. Colocar meias, pantufas e sapatos só quando os pés estiverem bem sequinhos!

Meias de algodão são bem vindas, pois os tecidos sintéticos são especialistas em causar chulé! Elas precisam ser trocadas diariamente os sapatos também precisam respirar: se puder alterne os pares, faça um rodízio, e deixe os que estão descansando tomando um sol lá na varanda.

Cuidados Especiais

Chulé

Talco Natural:

O talco é uma boa opção se utilizado com moderação: o acumulo de talco entre os dedos combinado ao suor excessivo dos pés terá um efeito contrário, tornando o ambiente mais propício à proliferação de fungos e bactérias.

1/2 xícara de amido de milho

1/2 xícara de bicarbonato de sódio

Óleo essencial de hortelã (cerca de 12-14 gotas)

Misture bem os ingredientes e reserve durante a noite para secar completamente. Se existirem caroços na mistura, você pode peneirar. Armazene em um recipiente hermético e use sempre que necessário.

Desodorante Natural

Pode ser usado diariamente nas axilas e nos pés. Calçar meias e sapatos somente quando os pés estiverem secos.

100ml de álcool de cereais

100ml de água mineral

1 colher de sopa de bicarbonato de sódio

3 gotas de óleo essencial de sua preferência para perfumar (opcional)

10 gotas de tintura de calêndula (opcional: ajuda a clarear a pele e minimizar manchas)

Misture bem os ingredientes e coloque e um frasco de desodorante, daqueles com borrifador simples. Agitar bem antes do uso, pois o bicarbonato tende a decantar.

Escalda pés

Conferem bons resultados e são muito relaxantes para os pés e para a mente! O ideal nesse caso é que seja feitos 3x por semana, alternando dias. 15 minutos de imersão são mais que suficientes! Secar muito bem os pés após o término e não tomar friagem. 3 sugestões de receitas:

  1. Espremer ½ limão para cada litro de água. Enxaguar bem os pés depois, pois o limão em contato com o sol mancha a pele! Se preferir, use uma fatia de limão para esfregar os pés durante o banho, também funciona!
  2. Colocar 1 xícara de chá de vinagre e 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio em cada litro de água.
  3. Preparar 1 litro de chá de alecrim e adicionar 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio.

Micoses nas Unhas

Secar muito bem os pés, os dedos, as unhas. Deixar os pés respirarem, colocar sapatos para ventilar e tomar sol. 1 gota de óleo essencial de cravo ou de estrato de própolis (pode pingar ou passar com o cotonete para espalhar melhor). Atenção: as unhas ficam amareladas!

Frieiras

De novo, secar muito bem os pés, entre os dedos, deixar os pés respirarem, colocar sapatos para ventilar e tomar sol. Higienizar a área com algodão embebido em gotinhas de própolis ou de tintura de calêndula, diluídas em água filtrada (3 gotas para 1 colher de sopa de água).

Com ingredientes simples e pequenas atitudes conseguimos ótimos resultados… Aí, é só relaxar e colocar as pernas pro ar!

 

Um abraço, Ana Letícia

mais em: facebook.com/alternativasnaturais

Reflexologia: Dicas para o dia a dia

No post de ontem sobre reflexologia podal, vimos um pouco sobre o que é reflexologia, sugestões de movimentos, higienização e contra-indicações. Hoje veremos dicas de como aplicar no dia a dia, em nós mesmos (sentados numa posição bem confortável que permita a palpação dos pés) ou em outra pessoa.

Ansiedade: massagear lentamente a região torácica: o plexo solar, o pulmão, o coração. Isso vai ajudar a aliviar as emoções, o stress, a angústia.

Artrite: massagear as áreas reflexas às regiões afetadas.

Cefaleia (dor de cabeça): massagear o “dedão”. Se for causada por tensão muscular, massagear também a área do trapézio.

Cólicas e menstruações complicadas: massagear a região do calcâneo (quadril), maléolos internos (útero e próstata) e externos (ovários/testículos).

Coluna: deslizar o polegar ao longo da face medial no pé.

Constipação (intestino preso): no pé direito massagear a sola do pé no sentido do colo ascendente e transverso, no pé esquerdo massagear no sentido do colo transverso e descendente.

Digestão lenta, empachamento: deslizar o polegar pelo esôfago, estimular o estômago e intestino delgado, deslizar cólon. Esse procedimento também ajuda nos casos de flatulência.

Hipertensão: massagear a região torácica (em especial a região do plexo solar), rins, ureter e bexiga.

Nervo Ciático: massagear a região entre os maléolos e o calcanhar de forma ascendente e descer deslizando.

Rinites, sinusites, alergias do sistema respiratório: massagear a região dos seios nasais, pulmão, dorso do pé, região reflexa dos pulmões e costelas, diafragma.

 

O bem estar é geralmente imediato, e é muito gostoso poder aproveitar uns 10 minutinhos de pernas pro ar após uma deliciosa massagem nos pés!

* A Reflexologia Podal é uma terapia natural e não substitui o tratamento alopático convencional. Ao persistirem os sintomas um especialista deverá ser consultado. Os tratamentos e medicações em andamento devem ser continuados.

 

Um abraço, Ana Letícia

mais em: facebook.com/alternativasnaturais

Sobre a Reflexologia Podal

A reflexologia é o estudo dos pontos reflexos dos órgãos nos pés e nas mãos. Esses pontos estimulam o fluxo harmônico da energia vital nos respectivos órgãos, proporcionando relaxamento e bem estar e normalizando as funções do corpo.

Os movimentos devem ser lentos, firmes e profundos, sempre respeitando os limites do corpo: deslizando ou apertando com as polpas dos dedos, rolando os pés entre as mãos, dando leves palmadinhas na sola e no dorso do pé…

Podemos usar lenços umedecidos e álcool para a higienizar antes da sessão, fazer uma leve esfoliação nos pés, calcanhares e tornozelos, e até um delicioso escalda pés para entrar no clima! Para facilitar a manipulação e para promover um maior relaxamento, cremes ou óleos para massagear os pés são super bem vindos!

Apesar de ser uma terapia bastante segura, a reflexologia é contra indicada nos seguintes casos: após as refeições, pessoas alcoolizadas, gravidez, trombose, dermatites, fraturas, varizes expostas, infecções agudas, pacientes com marca-passo.

Dica: aquela bolinha que usamos para brincar com nosso bichinho de estimação pode ser uma grande aliada num dia muito estressante, após uma longa caminhada… Sente-se numa posição confortável e deslize-a com pressão moderada pela sola, pelas laterias, ou pise como se fosse escondê-la embaixo do pé! Isso ajuda a ativar os pontos, relaxar a musculatura e aliviar o stress.

* A Reflexologia Podal é uma terapia natural e não substitui o tratamento alopático convencional. Ao persistirem os sintomas um especialista deverá ser consultado. Os tratamentos e medicações em andamento devem ser continuados.

 

Um abraço, Ana Letícia

mais em: facebook.com/alternativasnaturais

Aulas de História - Professora Vanini Lima

História, cultura, tecnologia, educação, meio ambiente e muito mais.

Cenicitas

The burn that keeps everything awake.

Blog da Veterinária

Dra. Alessandra Keidann

tofuncional.wordpress.com/

Receitas saudáveis, fáceis e saborosas. Alimento para corpo e alma.

Palavra de Ptah

Um olhar integral da medicina.

Naturologia - Ciência do bem viver

Naturólogo | Alan Kornin

Viveiro Orgânico de Ervas e Temperos Sabor de Fazenda

Dicas de plantio, adubação, regas, podas e muito mais

maisonantique.wordpress.com/

Um produto feito com amor e qualidade transforma quem faz e quem utiliza.

#projetofafa

...da cirurgia bariátrica à vida saudável!

Viva mais Verde Empório e Café

Produtos orgânicos, naturais e artesanais em Pipa, RN

Medicina Natural

Deixar a Natureza cuidar da nossa natureza é a forma mais perfeita de tratar

DEIXA SAIR

O caminho da natureza... A natureza do caminho!

Segredos de Liquidificador

qualidade de vida e bem estar: depoimentos, dicas, receitas, inspirações e desabafos. #EmagrecerPraSempre

Acupuntura Tradicional Chinesa

Cuidados naturais e autonomia de saúde

Artes do Tao

Um blog sobre as artes orientais taoistas

come-se

O caminho da natureza... A natureza do caminho!